Síndico – Tudo Que Você Precisa Saber Sobre A Profissão

A profissão de síndico foi regulamentada recentemente, conforme consta na nota informativa de 1858/2017, o síndico deve ser registrado conforme determina a CLT,  e cumprir com as obrigações que veremos a seguir.

Quais as obrigações do síndico?

As obrigações do síndico estão embasadas no Código Civil, portanto, qualquer um que queira ser síndico, deve cumprir as seguintes regras a seguir:

  • É dever desse profissional fazer a convocação da assembléia de condôminos;
  • Este será o representante passivo e ativo de seu condomínio, este irá atuar em defesa dos moradores do condomínio, seja em juízo ou não;
  • Precisa fazer com que a assembléia esteja ciente de procedimentos jurídicos e administrativos, logo estes devem ser de total interesse apenas do condomínio;
  • Sua função também é deixar ciente sobre as obrigações que os condôminos têm diante do condomínio, ou seja, o regimento interno precisa ser cumprido;
  • O síndico precisa zelar pelas áreas comuns do condomínio, garantindo conforto e segurança;
  • Irá elaborar o orçamento das despesas de cada ano, proporcionando conhecimento aos moradores a respeito dos gastos que o condomínio terá;
  • Fazer a cobrança dos condôminos, garantir que as contribuições e as multas sejam pagas de maneira correta;
  • Sempre que solicitado, o profissional também irá prestar contas aos moradores;
  • É função deste profissional cuidar do seguro do edifício, para que, em casos de furto, incêndio, o seguro possa cobrir os prejuízos causados.

Como cobrar os inadimplentes?

A inadimplência não deve ser omitida, já que, em algumas circunstâncias pode acabar refletindo no preço da taxa de condomínio, por isso, o síndico com a ajuda de um escritório de cobrança ou sozinho, precisa realizar essa cobrança.

Logo, para fazer esse procedimento é preciso preparo e cautela, uma das características do síndico é saber lidar com as adversidades, e conseguir contornar conflitos como esse.

Se tiver algum morador inadimplente, preserve sua identidade, não o exponha. Marque uma reunião, com somente você síndico e o morador que está com dívidas.

Se você não cumprir esta regra, certamente você irá sofrer algum tipo de processo por danos morais, expôr um condômino indevidamente é contra a lei.

O que é preciso para ser um bom síndico?

Caso você tenha interesse em se tornar um síndico, saiba que, com a regulamentação, o síndico terá os mesmos direitos que qualquer trabalhador com carteira assinada tem, como férias, décimo terceiro, licença maternidade, etc.

Confira algumas características importantes para ser um bom síndico, veja a seguir:

1- O bom síndico já determina as metas para o ano todo;

2- Deve ser realista, e não ficar criando muitas expectativas;

3- O síndico não faz papel de polícia e sim de administrador;

4- Fazer um checklist, com as datas de vencimento para pagamento;

Em resumo..

O síndico é um profissional de extrema importância para o edifício, já que este deve garantir segurança e conforto para os moradores, também é sua função, cuidar da parte administrativa.

Como exemplo, atuar no combate à inadimplência, para isso, se preferir, pode contar com a ajuda de um escritório de cobrança, caso sentir necessidade.

One thought on “Síndico – Tudo Que Você Precisa Saber Sobre A Profissão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *