Como Reduzir os Custos de Energia no seu Condomínio?

Reduzir os custos de energia no condomínio, pode beneficiar muitos moradores. O corte de gastos pode ser aproveitado para ampliar outras áreas do condomínio, por exemplo. Veja mais dicas importantes a seguir.

Reduzir os custos de energia no condomínio, é possível?

Segundo o presidente do Instituto Pró-Síndico, quando todos tomam consciência que, é necessário economizar energia, a economia pode chegar a 40%. O que faz com que o valor seja expressivo, dependendo da quantidade de moradores que o condomínio tiver. Este gasto que foi economizado, pode virar um benefício para moradores, como ampliar a área de lazer, e até colocar uma piscina, por exemplo.

Quando o condomínio economiza, até o número de inadimplência costuma cair, já que ao economizar energia, os gastos domésticos caem, e sobra dinheiro para pagar o condomínio em dia.

Veja algumas medidas importantes, que o síndico deve aplicar para diminuir custos com energia.

1- Instale água e gás de modo individual.

Ao implementar o consumo por unidade, as famílias conseguem reduzir os custos cerca de 30% em média.

 

2- Crie métodos para reaproveitar a água.

As hidroelétricas consomem muita água para fabricar energia, então se criarmos métodos para economizar também a água, certamente irá sobrar mais água nas represas, e as hidroelétricas não irão ficar sem água para fazer energia, o que pode baratear seu custo.

3- Use lâmpadas de led.

Já foi comprovado por meio de testes do Inmetro, que essas lâmpadas são mais econômicas do que as lâmpadas amarelas. Elas ajudam a reduzir os custos com energia  em até 40%.

4- Terceirize os serviços de portaria.

Mão de obra custa caro, e também precisa de energia elétrica para trabalhar. Se você contrata uma empresa terceirizada, ela pode te ajudar a ter uma economia de 40% no final do mês.

Todas as economias aqui, acabam envolvendo energia elétrica. Isso faz com que no final do mês, os gastos sejam muito altos, e os condôminos sentem o peso da conta.

Busque incentivar os moradores.

Se você é síndico, e não sabe como criar uma campanha para ajudar os moradores a participarem, uma boa medida é conceder descontos e ter uma empresa de cobrança para te ajudar nesse tipo de ação.

Empresas de cobrança que prestam serviços para condomínios, além de saber qual a margem de desconto certa, elas podem ainda fornecer  várias formas de pagamento.

Controle dos inadimplentes.

A inadimplência dos condôminos pode fazer aumentar os custos com água e luz. O papel das empresas de cobrança, também é de diminuir o número de inadimplentes, por meio de campanhas e negociações.

Eles podem ainda, em último caso, recorrer à justiça para reaver o valor não pago, por meio do apoio de um advogado especialista em cobrança.

Em outras palavras…

Para saber mais sobre redução de custos em condomínios, e como fazer para incentivar moradores, entre em contato conosco, que nós iremos te ajudar. Reduzir custos de energia em condomínio, é essencial para que os condomínios não fiquem inadimplentes perante às prefeituras e a justiça.

 

 

One thought on “Como Reduzir os Custos de Energia no seu Condomínio?

  1. Luiz Renato says:

    Gostei bastantes dessas dicas, vou colocar em pauta em meu condomínio! A ideia de trocar lampadas antigas por lampadas de LED realmente é uma ótima ideia que não tinha pensando ainda! Obrigado pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *