fbpx

Como ficou a manutenção do seu condomínio nessa quarentena?

Há pelo menos 3 meses o país vem passando por momentos difíceis com a pandemia, o ano de 2020 está sendo cheio de reviravoltas para muitos síndicos, que precisaram se reorganizar e se adequar a nova realidade dos condomínios.

As rotinas foram modificadas, planos e obras adiados, contratos suspensos, e todos precisaram se reeducar para conviver durante a quarentena. Porém com essa quebra de rotina, algumas pendências podem acabar passando despercebidas pelo síndico e os moradores.

Com grande parte das áreas do condomínio fechadas, as manutenções podem acabar ficando em segundo plano na agenda de afazeres, dando tempo para o surgimento de novos problemas nas estruturas do condomínio, que passarão despercebidas pela falta de circulação no local.

É importante que o síndico realize inspeções de rotina pelas áreas do condomínio, principalmente os locais que foram fechados, como por exemplo:

Playgrounds

Expostos as condições climáticas e somada a falta de uso, os brinquedos podem ficar enferrujados e quebrar ou soltar lascas com mais facilidade, podendo causar sérios acidentes.

 Salão de festas/Academia

Mesmo que não estejam sendo utilizados, é importante verificar a estrutura do local. Em 3 meses muitas coisas podem acontecer, por isso fique atento a: vazamentos ou infiltrações, validade dos extintores, lâmpadas queimadas, lixo no local, presença de pragas, entre outros.

Piscina

Verificar as bombas, filtros e ralos, de preferência deixe a piscina coberta. Preste atenção também no entorno da piscina para checar se está tudo certo com a área. Se a piscina ficar em local com muitas plantas e gramado, é importante manter tudo sempre aparado para que não atraia insetos e torne a limpeza da piscina mais difícil.

Banheiros das áreas comuns

Verificar se não existe torneiras vazando, descargas com defeito, vasos sanitários com a tampa aberta gerando um ambiente favorável para dengue, espelhos quebrados, entre outros.

É importante fazer uma ronda periódica pelas dependências do condomínio, e estar atento as estruturas. Quanto antes um problema for detectado, menos dinheiro será gasto, e mais segurança os condôminos terão quando voltarem a usufruir das áreas de lazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *