fbpx

6 Dicas para síndicos sobre economizar água no seu condomínio

Sabemos que um dos maiores gastos de um condomínio está ligado ao mal uso da água, desperdícios e vazamentos. E devido ao atual momento que estamos vivendo, fazer economia é de suma importância para a vida financeira saudável do condomínio.

Para isso, existem algumas medidas simples que podem ajudar a criar uma mentalidade de economia no condomínio/condôminos, confira:


1. Criar campanhas de conscientização do uso racional de água

Coloque a disposição dos condôminos notícias e orientações sobre uso consciente de água, compartilhe nas redes sociais do condomínio e nos grupos de WhatsApp, espalhe cartazes em áreas comuns do prédio e elevadores.


2. Programe inspeções hidráulicas periódicas

Mesmo que não haja sinal de vazamentos visíveis, programe com seu zelador, uma verificação de todos os componentes hidráulicos de uso comum do condomínio. Faça isso periodicamente. E se encontrar alguma irregularidade faça a substituição imediatamente.


3. Hidrômetros individuais

Individualização dos hidrômetros é uma ótima medida para a economia de água do condomínio. Isto ocorre porque o sistema mais tradicional é o condomínio ratear o gasto total de água entre os moradores. Com os hidrômetros individuais, cada apartamento paga apenas o que consome


4. Reaproveite a água da chuva

Uma ótima alternativa é reaproveitar a água da chuva, por meio da construção de calhas e reservatórios que armazenam essa água, usando-a para regar jardins e limpar as áreas comuns.


5. Gaste menos água nas torneiras e chuveiros

Hoje em dia existem empresas especializadas em redutores de vazão. Quando instalados em chuveiros e torneiras dos apartamentos, eles garantem uma economia significativa de água.


6. Tecnologia é aliada da economia de água

Faça da tecnologia e de outros aparatos inovadores seus aliados na luta para diminuir o consumo de água no seu condomínio.
Devemos ficar atentos ao mercado pois a tecnologia vem revolucionando o modo de vida e trazendo uma nova era de facilidades.


É sempre bom aliar economia e preservação dos nossos recursos naturais. Lembrando, claro, de respeitar o momento atual e adotar apenas práticas que possam ser implementadas respeitando as medidas de segurança e saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *